Pesquisas

Caminhada não emagrece por Hardman 1992

obeso-suado-esteiraUm estudo de 1992 de Hardman AE et al. (Jones PR, Norgan NG, Hudson A). de uma duração de 12 meses orientou a participantes a realizar 157 minutos semanais de caminhada, em media, cada sessão durando um mínimo de menos 20 minutos, as quais deveriam ser realizadas ao menos 3 vezes por semana. Sendo que as participantes foram controladas com análises para não aumentar a ingestão calórica, o déficit calórico estimado ultrapassou 44.000kcal. Podendo imaginar que algum efeito deveria ocorrer na composição corporal das participantes, os resultados mostraram o contrário: o grupo foi de 64 para 64,3 kg, e o percentual de gordura passou de 36,1 a 37,1%.

Conclusão: Vamos rever nossas caminhadas se nosso objetivo é emagrecimento 🙂

O propósito deste estudo foi examinar a influencia de caminhadas rápidas na resistência ginástica e na quantidade e distribuição de gordura corporal em mulheres sedentárias. 28 mulheres com idade media de 44.9 anos seguiram um programa de caminhada durante 1 ano, enquanto 16 outras atuaram como controle com idade media de 44.4. Mudanças na resistência ginástica foram avaliadas a través do consumo de oxigénio VO2 e com uma referencia de concentração de lactato no sangue de 2mmol.l-1. Dois testes de caminhada de 1.61 km foram completados, um feito a velocidade máxima e outro a velocidade rápida numa esteira mecânica. A quantidade e distribuição de gordura corporal foi determinada por antropometria e pesagem hidrostática,  e a ingestão calórica foi avaliada usando o método de 7 dias de ingestão de comida mesurada. As caminhantes completaram uma média de 157 minutos por semana ao longo do ano… (Conclusões de desempenho) … Não foi modificado nem a quantidade nem a distribuição de gordura corporal, a pesar de não ter modificado a ingestão calórica.

Quer Conhecer O
Passo a Passo 
Exato Para 
QUEIMAR GORDURA
E GANHAR MUSCULO

Facilmente?