Pesquisas

Curl bíceps alterno: Função dos metabólitos no treinamento de força por Schott 1995

CurlBicepsEur J Appl Physiol Occup Physiol. 1995;71(4):337-41.
The role of metabolites in strength training. II. Short versus long isometric contractions.
Schott J1, McCully K, Rutherford OM.

É comum ver rotinas de treinamento para braços ou pernas onde as repetições se alternam entre os lados do corpo, ou seja, uma repetição de curl bíceps direito enquanto bíceps esquerdo descansa e viceversa; cadeira extensora perna direita enquanto perna esquerda descansa e viceversa; passada alternada… e por ai vai.

Essa prática foi estudada por Schott no estudo aqui encima indicado há quase 20 anos. Segundo isto, descansos de 2 segundos entre as 10 contrações de 3 segundos reduziria os ganhos de força e massa muscular em relação a 4 contrações isométricas durante 30 segundos continuados com descanso de 1 minuto.

Sete sujeitos foram treinados 3 vezes por semana durante 14 semanas. A perna direita foi treinada usando 4 séries de 10 contrações, cada uma durando 3 segundos com uma pausa descanso de 2 dois segundos entre cada contração e 2 minutos entre cada série. A perna esquerda foi treinada usando 4 contrações de 30 segundos com descanso de 1 minuto entre entre séries. Ambos protocolos envolveram contrações isométricas de um 70 % do MVC (Contração Isométrica Voluntária Máxima). O incremento de força isométrica foi significantemente maior na rotina de contração contínua (54.7% vs 31.5%), sendo a única perna experimentando aumentos significantes de músculo e tendo mudanças maiores nos metabólitos e PH.

Conclusão Sugerida:  Fatores ligados a maiores mudanças nos metabólitos durante o treinamento CC resultaram em maiores aumentos de força isométrica e de massa muscular.

 

Quer Conhecer O
Passo a Passo 
Exato Para 
QUEIMAR GORDURA
E GANHAR MUSCULO

Facilmente?