Casos

Emagrece 50 kg em 11 meses

Avalie este post

adrianarodriguesQue melhor forma de começar o dia com um pouco de inspiração motivacional graças ao caso de Adriana Rodrigues.

Devido a uma série de problemas familiares somado ao estresse de retomar a faculdade e mudar de casa, engordou 40 quilos em cinco anos. Uma situação bem típica onde em situações de pressão a pessoa acaba afogando a ansiedade na ingestão exagerada.

Que fazem a maioria das pessoas com sobrepeso? Procuram um nutricionista que limita-se a passar um planejamento dietético, sem poder abranger o plano físico e, sobre todo, o motivacional. Conseqüência? Bem típica também… Após 20 nutricionistas, e várias dietas… desistiu de tentar emagrecer.

Quando eu engordei os últimos 10 quilos, já tinha desistido mesmo. E foi num período de seis meses.

No meio daquela situação de não encontrar roupas para comprar e não se sentir feliz com o corpo, seria, outro tipo de razão o que acenderia o fogo reagente de emagrecer de vez: um desconforto nas articulações das pernas sobrecarregadas em função do seu excesso de peso.

Ele disse eu teria que conviver com essas dores. Eu tinha 30 anos, não podia depender de remédios. Isso me tocou.

Pediu demissão de seu trabalho, mudou de casa, passou em um concurso público e começou a cuidar da saúde mudando de rotina:

A primeira coisa que eu fiz foi estudar os alimentos. Passei a entender o que eles faziam no meu corpo e quais eram as melhores escolhas para eu alcançar meu objetivo.

Mudando seu hábitos alimentares e fazendo caminhada já teve resultados exemplares sendo acompanhada, no início, pelo seu marido nas caminhadas diárias.

Ele me apoiou muito, foi fundamental neste processo.

Nas primeiras 8 semanas, 12 kg foram embora mas as dores continuavam. Seguinte passo? Academia para fortalecer os músculos e articulações das pernas e não sentir mais dor. Fato que aconteceu em apenas 4 semanas de treino resistido sendo nesse terceiro mês do inicio do seu projeto quando as dores sumiram completamente.

Eu vi que eu só dependia de mim mesma e o progresso me motivava.

Resumo da conta: De 115 a 75 kg… 40 kg!!! Seguinte passo? Ainda apresentando um 34% de gordura corporal, contratou um personal trainer e um nutricionista esportivo para otimizar a redução da sua gordura corporal.

Eu vi que meu corpo podia mudar e resolvi ir além, me encantei com as competições.

Então, emagreceu mais 10 kg, chegando a sua meta de 65 kg, 50 kg à menos.

Os hábitos alimentares de sua família também mudaram:

Hoje eles não tomam refrigerante e comem verduras. Claro que não têm a mesma alimentação que eu, e eu nem poderia impor isso a eles, mas eles são bem mais saudáveis… Ficar sem o pão francês, passar a vontade, é muito difícil no começo, mas você se acostuma… A dieta estressa. Você já tem preocupações do dia a dia e não pode mais descontar e se confortar na comida, então você precisa encontrar outras alternativas.

Adriana conclui:

Quando abrimos mão de uma dieta, estamos abrindo mão da gente mesmo. Por mais difícil que pareça ser, temos que mudar. Não tem quem possa fazer isso pela gente. Não estou falando de estética e sim de saúde e sem isso não podemos ficar.

Excelente exemplo de modificação corporal baseado num bom planejamento nutricional e de treino. Saiba mais sobre como você PODE e DEVE melhorar seu corpo, sua saúde, sua vida.

About the author

vte

Quer Conhecer O
Passo a Passo 
Exato Para 
QUEIMAR GORDURA
E GANHAR MUSCULO

Facilmente?