Pesquisas

HIIT otimizado melhora a composição corporal e saúde cardiovascular em pacientes com obesidade abdominal por Gremeaux 2012

fat-loss-diet-plan-5É válido o HIIT para todos? A febre do HIIT chegou e a onda de aplica-lo indiscriminadamente se contrapõe a onda ainda maior de proibir 100% radical seu uso em iniciantes, em obesos, em idosos. Mas esse posicionamento tem embasamento?

Vamos ver mais um estudo, este realizado pela equipe de Gremeaux, onde pacientes com obesidade abdominal realizaram tiros de 30” com 4’ de intervalo por 9 meses, e não houve relatos de problemas… melhor, houve 97% de aderência ao programa. Faz sentido né? Treino curto + Intensidade = Não problema de falta de tempo, não problema de perca de foco, não problema de falta de resultados… Mais ou menos é por ai.

O que é o mais positivo do estudo? É que ainda no 2012 é necessário publicar estudos que defendem princípios tradicionais e demostrados durante décadas para que o barulho de “formulas miraculosas” e “pílulas mágicas” não comande o cenário do emagrecimento ou fitness. Ou seja, nutrição+treino… melhor nutrição OTIMIZADA + treino OTIMIZADO.

62 indivíduos obesos (53.3 ± 9.7 anos; IMC, 35.8 ± 5 kg/m(2)) foram colocados num programa de 9 meses de conselho nutricional individualizado, exercício intervalado de alta intensidade e treinamento de resistência de 2 a 3 vezes por semana
RESULTADOS:
Percentagem de adesão foi de 97% e evento adverso nenhum ocorreu com HIIT. Treinamento foi associado com um gasto energético semanal de 1582 +- 284 kcal. Melhoras significativas estatística e clinicamente foram observadas em relação a massa corporal (-5.3 ± 5.2 kg), IMC (-1.9 ± 1.9 kg/m(2)), circunferência cintura (-5.8 ± 5.4 cm), e capacidade de exercício máxima (+1.26 ± 0.84 equivalentes metabólicos) (P < 0.0001 para todos os parâmetros). Massa de gordura total, perfil lipídeo, e a relação lipoproteína de alta densidade/triglicerídeos foram significativamente melhoradas (P < 0.0001). Ao final do programa, a prevalencia do sindrome metabólico foi reduzido um 32.5% (P < 0.05)…
CONCLUSÕES:
… A intervenção parece segura, eficiente, e bem tolerada e poderia melhorar a aderência ao treinamento na população.

Quer Conhecer O
Passo a Passo 
Exato Para 
QUEIMAR GORDURA
E GANHAR MUSCULO

Facilmente?