Pesquisas

Termogênicos funcionam?

Um dos recursos mais utilizados em pessoas querendo emagrecer e o uso de termogênicos pois seriam  uma forma de acelerar o metabolismo, e claro, sem esforço, potenciar nossa vontade de queima de gordura. É massa pensar que você está na oficina, na academia ou sentado no sofá multiplicando seu metabolismo lipolítico: você é feliz, o nutri que apresenta uma nova formula termogênica cada 3 meses pra você também e a farmácia de manipulação que passa mordida pra ele também.

Porém sua felicidade será temporária especialmente se todo seu projeto de modificação corporal está baseado num blend de suplementos.

Então, antes de falar sobre um estudo pouco encorajador sobre o uso de estes suplementos, cabe afundar na logística de um suplemento dentro de um planejamento nutricional. A ideia principal que deve guiar nosso processo de mudança corporal é que elementos iremos implementar de forma que possam permanecer de forma duradoura nas nossas vidas conforme a nossa rotina, capacidade e, sobre todo saúde.

Ou seja, se nos começamos a nos entupir de Whey Protein, BCAA, Termogênicos quando não de PEDs (Performance Enhancing DRUGS) … temos que pensar na nossa capacidade psicológica, económica e física para manter eles no nosso planejamento. Caso contrario, o caminho de volta sempre ira ser altamente deprimente já que no momento do sumiço irão sumir junto com eles nossos resultados.

Então qual é o posicionamento inteligente: primeiro saber o que nos queremos, resultados temporais?, resultados permanentes?, procuramos saúde?, procuramos estética? . No caso de procurar melhorar nosso corpo desde a saúde seguindo parâmetros naturais, é CAPITAL nosso planejamento nutricional, de treinamento e psicológico, sendo que também tem sua importância em projetos com protocolo químico.

Resumindo: conheça seu corpo, se alimente y suplemente com comida, crie os estímulos físicos e psicológicos corretos, e, a partir de ai, adicione, teste e inclua outros “elementos” conforme a sua vontade e liberdade, especialmente se vem acompanhada de maturidade.

Agora, vamos sim com o estudo realizado pela equipe de Bergstrom onde 21 homens foram avaliados em relação ao uso de um termogênico onde estavam presentes elementos bem populares como cafeína, canela ou gengibre. Houve quatro pontos de avaliação: em repouso, após 60 minutos de caminhada, 50 minutos de repouso após suplementação e 50 minutos pós-exercício. Resultados: não alteração do metabolismo na avaliação pré e pós exercício e leve aumento durante a caminhada.

21 hombres (idades = 23.5 ± 2.6 anos, BMI = 26.0 ± 2.4 kg-1·m-2) completaram este estudo para examinar as repostas agudas frente a um suplemento nutricional termogênico. Cada sessão incluiu: (a) 30 minutos repouso, seguido do placebo ou do suplemento termogênico, (b) 50 minutos repouso post-suplementação, (c) 60 minutos caminhando, and (d) 50 minutos recuperação pós-exercício. Variáveis de trocas gasosas de e ritmo cardiaco foram registradas a cada fase. Pressão sanguínea foi registrada durante todas as fases excepto durante o exercício. Não houveram diferencias significativas em nenhuma medida entre o suplemento e o placebo durante as fases de pós suplementação ou repouso inicial. Durante o exercício, o gasto energético (placebo = 18.98-19.06 kJ·min-1 / suplemento = 19.44-19.82 kJ·min-1) e o VO2 (placebo = 11.27-11.35 ml·kg-1·min-1 / suplemento = 11.64-11.82 ml·kg-1·min-1) foram maiores para o suplemento. Não houveram diferencias no ratio respiratório (RER), HR, ou RPE. Só no pós-exercício, o VO2 (placebo = 3.53-3.63 ml·kg-1·min-1 /suplemento = 3.71-3.84 ml·kg-1·min-1) foi maior para o suplemento, mas não houve diferencias em EE, RER, HR, ou pressão arterial. Estos resultados sugerem que um blend específico de ingredientes termogênicos, quando combinados com exercício, aumentaram o ritmo metabólico com mínimas mudanças na função cardiovascular e sem efeitos no RPE.

Quer Conhecer O
Passo a Passo 
Exato Para 
QUEIMAR GORDURA
E GANHAR MUSCULO

Facilmente?